Movimentos Sociais protestam no sorteio da Copa

Mais de 700 pessoas participaram da caminhada por Copa e Olimpíadas do povo

A manifestação “Você Pensa que a Copa é Nossa?” reuniu mais de 700 pessoas no último sábado (30/07). Com faixas e bandeiras, os manifestantes denunciaram as remoções causadas em decorrência das obras para a Copa e Olimpíadas, a falta de transparência e participação popular nos projetos e o esbanjamento do dinheiro público com crescente endividamento. Além disso, o protesto condenou a elitização do evento que é feito “para gringo vê” e não poderá, devido ao alto custo, ser apreciado por grande parte da população brasileira, entre outras questões.

As palavras de ordem que embalaram a manifestação eram contrárias as posturas que vem sendo adotadas pelo governador do Rio, Sérgio Cabral, e ao prefeito da cidade, Eduardo Paes. Os manifestantes denunciavam os efeitos negativos dos megaeventos sobre a cidade e também as pautas de categorias em greve, como os professores do Rio, que são submetidas a baixos salários e péssimas condições de trabalho.

A passeata partiu do Largo do Machado até a Marina da Glória, local onde ocorria o sorteio dos grupos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Os manifestantes entregaram às autoridades do governo, presentes na solenidade da Copa, uma carta com as reivindicações do movimento que luta por uma copa que seja verdadeiramente do povo!