Nesta terça (25/9), debate “O Maraca é Nosso?” na UERJ

Na próxima terça-feira (25) o Comitê Popular da Copa e Olimpíadas do Rio de janeiro organiza um evento sobre o Maracanã na UERJ que contará com a presença do jornalista da ESPN Mauro Cezar Pereira. Haverá exibição de episódios do Canal 100 e do documentário “Geral”, que retrata os últimos dias da Geral do Maraca.

O debate contará com os pesquisadores Erick Omena (IPPUR/UFRJ) e Chris Gaffney (EAU/UFF), além do próprio Mauro Cezar e de Anna Azevedo, diretora de “Geral”. Haverá ainda uma exposição de fotos do Comitê e um espaço de intervenção da Aldeia Maracanã, que ocupa o prédio histórico do antigo Museu do Índio, que é vizinho ao estádio e corre risco de ser demolido para a Copa do Mundo.

O evento é gratuito e é uma realização do Comitê Popular da Copa com o apoio da Faculdade de Serviço Social e do Diretório Central dos Estudantes da UERJ. Divulgue e participe!

SERVIÇO

‘O Maraca é Nosso?’
Terça-feira, 25 de setembro, 18h30
Auditório 93 da UERJ – Maracanã

Debate no Conselho Regional de Psicologia, nesta quinta (10)

Continuando o Ciclo de Debates do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas, nesta quinta-feira (10/05), às 18h, acontece o debate organizado em parceria com o Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (CRP-RJ), que será na sede da entidade, na Tijuca. O evento terá como debatedores o professor Luís Antônio Baptista, da UFF, e Marcelo Edmundo, representante do Comitê Popular da Copa e da Central de Movimentos Populares.

O evento pretende debater o modelo de cidade que está sendo implantado no Rio de Janeiro para a realização dos megaeventos esportivos e responder a uma provocação: como esta discussão atravessa o Rio de Janeiro e a Psicologia?

LEIA MAIS NO SITE DO CRP-RJ

______________________________

SERVIÇO

Debate – Esporte, Paixão e Negócio: a violação de direitos humanos na Copa e nas Olimpíadas

Debatedores: Luís Antônio Baptista (UFF) e Marcelo Edmundo (Central de Movimentos Populares / Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro)

Quando: quinta, 10 de maio, às 18h

Onde: Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro – Rua Delgado de Carvalho, 53 – Tijuca

COPA E OLIMPÍADAS: Dossiê reúne denúncias de violações de direitos humanos no RJ

Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro lança documento nesta quinta, no Clube de Engenharia, com participação da relatora da ONU para o direito à moradia

O Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro promove amanhã à noite, no centro do Rio, o lançamento do dossiê Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos no Rio de Janeiro. O evento será realizado no Clube de Engenharia, às 18h30, e contará com um debate com a participação da relatora da ONU para direito à moradia, Raquel Rolnik, com o presidente da Associação de Moradores da Vila Autódromo, Altair Antunes Guimarães, e com o professor Orlando Santos Junior, representante do Comitê Popular da Copa e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da UFRJ. Uma versão impressa do documento será disponibilizada para os meios de imprensa presentes no local.

O dossiê é uma publicação de cerca de 90 páginas produzida coletivamente por entidades e movimentos sociais que compõem o Comitê Popular da Copa. O documento traz dados sobre os gastos públicos efetuados e análises sobre a falta de informação e participação das pessoas afetadas nos projetos de urbanização, destacando arbitrariedades, irregularidades e ilegalidades nos processos de remoção de milhares de famílias para a construção de grandes obras e reformas no sistema de transportes. Um dos debatedores, Altair, de 57 anos, está ameaçado de passar por seu terceiro processo de remoção forçada em quatro décadas: após ser expulso aos 14 anos com a família da Ilha dos Caiçaras, na Lagoa Rodrigo de Freitas, foi despejado no fim dos anos 90 da Cidade de Deus para a construção da Linha Amarela, indo finalmente residir na Vila Autódromo.

O material expõe, ainda, a política de transferência das terras públicas para o setor privado através das operações urbanas consorciadas e das Parcerias Público-Privadas (PPP), e mostra condições de trabalho precárias em obras de grande porte, como na reforma do Maracanã. Questões como a elitização do futebol e a atuação do BNDES como protagonista no financiamento das obras da Copa no Rio de Janeiro também são abordadas, bem como outros temas.

Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro

O Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro reúne movimentos sociais, organizações, representantes de comunidades, membros da academia e outras entidades e pessoas críticas à forma como estão sendo geridos os recursos e como estão sendo feitas as transformações urbanas para a Copa e as Olimpíadas na cidade.

Lançamento do dossiê Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos no Rio de Janeiro

Data: Quinta-feira, 19 de abril
Horário: 18h30
Local: Auditório do Clube de Engenharia – Av. Rio Branco 124, 25° andar – Centro, Rio de Janeiro.

Marcelo Freixo: “O fim da Geral do Maracanã foi um atentado”

Marcelo Freixo esteve no programa do Juca Kfouri e falou sobre o Maracanã.

“O fim da Geral do Maracanã foi um atentado. Porque o Maracanã é tombado como patrimônio cultural, agora tombaram ele de fato. Mas a geral fazia parte da história do Maracanã. Você não poderia jamais ter acabado, porque você está descumprindo um tombamento cultural, porque a cultura do Maracanã passava pela cultura dos geraldinos. Então você termina com a geral do Maracanã ao mesmo tempo que você constrói os camarotes. É um retrato (do momento que estamos vivendo)”.

Na próxima segunda (16), às 10h, Freixo estará no debate promovido pelo Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas sobre Megaeventos e Violações de Direitos Humanos, que conta ainda com Orlando Santos Júnior, professor do IPPUR/UFRJ, e a mediação de Clara Silveira, do Movimento Nacional de Luta pela Moradia.

Comitê Rio convida para Debate!

Copa: Paixão, Esporte e Negócio

Foto: “Futebol de Várzea – Piraquara – Paraná”, de Gilson Camargo*

Abrindo a série de debates “Copa: Paixão, Esporte e Negócio”, o Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas convida a todos para discutir os impactos dos megaeventos no Brasil.

Juca Kfouri – jornalista
Ermínia Maricato – professora da USP
Luiz Antonio Simas – historiador e escritor

Mediação: Inalva Mendes Brito – moradora da Vila Autódromo

Lançamento do livro: “O Jogo Continua: Mega-eventos esportivos e Cidade”
Gilmar Mascarenha, Glauco Bienenstein e Fernanda Sánchez (org.) - Ed. UERJ

Quando: Dia 25 de novembro, sexta-feira – 18h30
Local:
Auditório da ABI – Rua Araújo Porto Alegre, 71, auditório 9o andar

* Foto publicada originalmente AQUI.